Resenhas de Kdrama

[Resenhas] Uma Advogada Extraordinária: dorama fofo com protagonista no Espectro Autista é um dos melhores do ano

Extraordinary Attorney Woo foi uma série de 16 episódios de 2022 produzida pela Netflix sobre uma advogada do Espectro Autista que enfrenta desafios no escritório de advocacia e conhece o amor pela primeira vez. O sucesso foi tanto que já prometeram: uma segunda temporada, um remake em série americana e uma adaptação para webtoon.

Escrito por Moon Jiwon, a mesma do filme Innocent Witness, que também tem uma protagonista do espectro. A direção é de Yu In Sik, de Dr. Romantic. A cada episódio, a advogada enfrenta uma dificuldade pessoal, sendo os casos mais uma maneira de roteiro para colocar em pauta diversas áreas de desenvolvimento da vida da protagonista e também abordando elementos do Transtorno de Espectro Autista. Por exemplo: ao atender uma personagem que vai casar, conhecemos suas aspirações de casamento e também somos provocados a pensar nos desafios do casamento para pessoas neurodivergentes no geral.

Elenco

Woo Yeon Woo (Park Eun Bin, de O Rei de Porcelana, Você gosta de Brahms?, e Hello, My Twenties), cujo nome pode ser lido de trás para frente nas mesma sequência de sílabadas (Catraca, casaca, caneca, careca) é uma advogada genial que ama baleias. Ela possui dificuldades em se relacionar com as pessoas e entender suas emoções, porém, com uma memória invejável e percepção fora do comum foi colocada em primeiro lugar na faculdade nacional e impressiona em seu trabalho. O trabalho da atriz é detalhista e desafiador. Não tenho experiências com TEA, então fui convencida. Fale nos comentários o que achou!

Como seu interesse romântico está Lee Joon Ho (Kang Tae Oh, de Na Direção do Amor, Desgraça a Seu Dispor e Primeira Vez Amor). É outro funcionário do escritório de advocacia Hanbada (que significa “Mar Único”) e sua personalidade toda tem uma única camada: ser fofo e gentil. Apesar de gostar bastante dos momentos deles juntos, achei o personagem em si bastante linear, que mostra apenas um tom o tempo inteiro. Perto do final ele ameaça sair um pouco desse papel de bonzinho, após as diversas frustrações que sofre, mas nada acontece. Sinto que ele ainda precisa de mais desenvolvimento. Para termos de história, é bonitinho e não vai te incomodar, então fique tranquilo. Como teremos uma segunda temporada, quem sabe não poderemos saber mais sobre ele?

Como elenco de apoio, temos também a amiga Ha Yoon Kyung (Hospital Playlist) — apesar de ser núclero de apoio, ela teve mais camadas e evolução do que o protagonista masculino —, o irritante Joo Jong Hyuk (As Células de Yumi, D.P e Gangnam Beauty), a belíssima e poderosa Jin Kyung (Yaksha) e vários participantes eventuais de pequenos casos.

A baleia

O significado da baleia vai ser destrinchado pela própria série, além de ser um ponto chave de hiperfoco de pessoas autistas. Temos aqui um significado grande sobre o cuidado da mãe-baleia para seu filho, e eu, como boa fã de BTS, não posso deixar de pensar na Whalien, sobre a baleia mais solitária do mundo, que se comunicaria em uma frequência rara de 52 hertz. Yeon Woo é esta baleia: seu cérebro avançado não pode ser compreendido por qualquer pessoa, seu jeitinho e se comunicar é único e não corresponde ao comportamento esperado neurotípico. Assim sendo, ela se destaca e é perseguida pelas mesmas qualidades.

Conclusão

É muito bom ter uma protagonista feminina inteligente e nerd para variar um pouquinho. Adorei a fofinha e aguardei ansiosa pelos episódios. Nem todos os casos são interessantes e a fórmula é exatamente a mesma do começo ao fim: a advogada recebe um caso (oficialmente ou não), dá uma opinião polêmica sobre o mesmo, eles sofrem uma reviravolta no tribunal, ela tem uma vivência fora do trabalho diretamente ligada com o caso que a faz ter um insight, então ela resolve o caso com uma sacada inteligente que ninguém havia pensado antes. No meio disso, ela está se desenvolvendo também e começa a se apaixonar pelo Joon Ho.

A fórmula só não enjoa porque o jeitinho da Yeon Woo é encantador e faz você ficar curioso sobre como ela vai lidar com aquilo, além de começarmos a descobrir como foi a infância e a formação dela. Porém, fico um pouco preocupada com uma segunda temporada e o que vão abordar ali. Há muito sobre uma relação a dois que pode se desenvolver, mas estou com medo. Se você já assistiu The Good Doctor ou qualquer série episódica que se passa no trabalho, aqui é a mesma coisa, mas o diferente está nesse contexto do autismo e é isso que traz um ar fofo para tudo. Em suma, vale a pena por ela.

É uma das melhores comédias românticas deste ano e com certeza vai marcar época.

Nota:

Avaliação: 4 de 5.

O que ver a seguir?

Fiz uma lista aqui de doramas com protagonistas do espectro autista, incluindo a série da mesma roteirista e a série Good Doctor (Uma Chance de Vida, na Netflix), que é a base que deu origem à versão americana. Vale a pena conferir.

Para outros romances de escritório, confira essa outra lista com Pretendente Surpresa e Secretária Kim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: