Resenha de Pousando no Amor: uma comédia romântica entre Coreia do Norte e Sul; e o que ver a seguir

Pousando no Amor (“Crash, Landing on You”) é um dorama da tvN também disponível no Netflix sobre uma herdeira chaebol que pousa na Coreia do Norte após um acidente. Lá ela encontra um capitão das forças armadas do país rival, que precisa escondê-la para não se meter em problemas. A convivência acaba aproximando os dois e desabrochando o amor.

A história é da roteirista Park Ji Eun, autora de Meu Amor das Estrelas, A Lenda do Mar Azul e Os Produtores, que possui um gosto para histórias de um amor separado por raças e mundos distintos (alienígena, sereia e idol, respectivamente). Aqui, é o envolvimento de uma patricinha herdeira de um conglomerado de moda da Coreia do Sul e um capitão filho de um militar de alta patente da Coreia do Norte.

Yoon Seri é interpretada por Son Yejin, mocinha carimbada de doramas de sucesso como Personal Taste e Something in The Rain; Ri Jeong Hyeok é interpretado pelo galã clássico Hyun Bin, que já liderou Secret Garden, Memórias de Alhambra e My Name is Kim Sam Soon (confira a resenha também neste blog). Os dois também já contracenaram em uma cena do filme “The Negotiation” (2018) e têm uma química forte, muito bem construída ao longo do tempo. É notável a evolução dos personagens sem mudar sua essência.

A história é instigante por causa de seu tema. A Coreia do Norte costuma ser tratada com uma sombra pairando e um romance entre as duas Coreias dentro de um gênero de comédia romântica tinha tudo para ter rombos nas histórias. É claro que o Norte aqui é fictício (mas teve o cuidado de entrevistar pessoas que viveram na Coreia do Norte!), e também que um tema como esse precisa de algumas ajudinhas e perdões. Então, se você procura uma trama completamente realista, entenda que esta é uma comédia leve e que muitas coincidências vão acontecer para o bom andamento. Costumo detestar esse tipo de situação forçada, mas aqui achei coerente e bem empregado – algumas são desnecessárias, mas a autora adora trabalhar com o conceito de destino. Os personagens sofrem bastante com as limitações impostas, mas na segunda parte você acaba é torcendo para que isso aconteça.

Outro casal que recebe destaque no poster é o da herdeira norte-coreana Seo Dan (Seo Ji-Hye, de 49 days, e que parece muito a Irene, do Red Velvet) e o trambiqueiro Seung Jung (Kim Jung Hyun, de School 2017). No começo, ambos são detestáveis, mais uma razão para querer que eles terminem juntos e se mereçam. O encontro deles apenas demonstra como uma pessoa pode ser boa para outra, mesmo que não seja para nós, e que não vale a pena tentar forçar um amor.

As subtramas também são adoráveis, especialmente em relação às moradoras da vila dos militares, que também são rostinhos conhecidos de Para Sempre Camelia. Os militares também são ótimos alívios cômicos, como o anti-imperialista Pyo Chi-Su (Yang Kyung Won) e o viciado em dramas Kim Ju Meok (Yoo Su Bin). Entre todos, preciso destacar o ator Kim Young Min, que interpretou o delator Jung Man Bok, porque ele mostrou uma faceta de ator aqui completamente oposta a seu personagem em My Mister. É um bom trabalho para mostrar fragilidade e submissão, e é fascinante se comparado com o personagem narcisista do outro título.

Um recurso exaustivamente utilizado é o de informações falsas ou incompletas. Você acha que algo vai acontecer, mas não está vendo a cena completa. É interessante, um pouquinho previsível, mas saboroso e doce, especialmente nas trocas de experiências entre Norte e Sul. Pessoalmente gosto desse aprendizado entre culturas diferentes que essa autora geralmente traz para a discussão. O drama tinha tudo para desandar, mas acho que prende a atenção até o fim.

Nível de maratona: ao começar a ver Pousando no Amor, a garantia é que você queira ver pelo menos mais três episódios na sequência. Eles terminam de uma maneira climática instigante, mesmo quando você desconfia o que vai acontecer.

Referências especiais Pousando traz um prato cheio de brincadeiras que homenageiam outros dramas famosos. Dois exemplos: quando as mães da Coreia do Norte se reúnem para discutir sobre a educação de seus filhos, é mencionada uma tutora famosa chamada Kim Joo Young, mesmo nome da personagem de Sky Castle (muito bom, por sinal, veja nossa resenha). Há também uma participação especial de Kim Soo Hyun, revivendo seu papel no filme Secretly Greatly (2013).

O que ver a seguir? Pousando no Amor tem vários aspectos semelhantes a Descendentes do Sol, como a história que se passa parcialmente em solo estrangeiro (Suíça e a fictícia Uruk), a presença de militares como foco de trama central, a trama política, com um vilão mafioso bem caricata, sequestro e um mocinho protetor.

Também recomendo Meu Amor das Estrelas (My Love From The Star), da mesma roteirista. É a história de um alienígena e uma atriz famosa que acabam se apaixonando. É similar em muitos aspectos de “mundos diferentes”, mas Pousando no Amor é mais pé no chão e atual.

Por último, para saudosos do clima de briga de comadres da vila dos militares, pode encontrar em Para Sempre Camelia não apenas as mesas atrizes, como a mesma leveza e comédia.

16 comentários em “Resenha de Pousando no Amor: uma comédia romântica entre Coreia do Norte e Sul; e o que ver a seguir

Adicione o seu

  1. Também fez referência a “Something in the rain”, estrelado pela Son Yejin, na cena no final de um dos último episódios, não lembro agora se era o 14 ou o 15, Onde ela e o Hyun Bin, estão passeando no porque e começa a chover e ele abre o guarda-chuva e os dois andam juntos abraçados, igual ocorre entre ela e o Jung Hae-In no Something in the rain.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Faltou mencionar a referencia à Memories of Alhambra, estrelado tbm por Hyun Bin, em Crash Land on You, quando ele joga começa a tocar a mesma música de Memories of Alhambra.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: