[Resenha] My Ahjussi: IU e ator de Parasita estrelam série de clima tenso

“My Mister”/”Meu Senhor” (2018) é um drama de 16 episódios da tvN muito recomendado para quem gostou de Parasita (2019), filme que ganhou Oscar. Não à toa, é protagonizado por Lee Sun Gyun, que interpretou o Senhor Park. Sua parceira de cena é IU (“Scarlet Heart“), em um de seus primeiros trabalhos densos na telinha, bem diferentes das mocinhas anteriores e um precursor de “Persona“.

De um lado, temos o honesto e virtuoso Park Do Hoon, do outro, a ardilosa e inteligente Lee Ji An. Um sofre em um casamento falido que é mantido em nome do filho e da alegria de sua mãe, a outra está presa em um pesadelo, devendo para um agiota uma dívida familiar antiga, sendo responsável pelo bem-estar de sua avó surda e com deficiência física. Apesar de estarem em lugares opostos da vida (ele, um gerente de reputação ilibada, ela, uma trabalhadora temporária de má fama), ambos sentem pena um do outro e conseguem entender-se como ninguém mais, assemelhando-se na solidão e proteção extrema de sua família

Tudo começa com Park Dong Hoon (Lee Sun Kyun), um engenheiro estrutural que trabalha como gerente sendo dirigido e assediado moralmente por um inescrupuloso chefe que foi também seu hoobae (calouro) de faculdade. Ele é pacato, tolerante e com senso aflorado de justiça (um verdadeiro representante do alinhamento Leal e Bom), mas choca o departamento ao ser acusado de receber um envelope de suborno.

Sua vida fica um pouco mais complicada quando o envelope com o dinheiro desaparece, furtado por Lee Ji An (IU), uma jovem de seus 20 anos que possui uma dívida milionária com um perigoso agiota. O destino dos dois se cruza nesse momento e Ji An é forçada a fazer uma escolha, provando que por trás de sua casca sinistra, ainda existe moralidade. Mesmo assim, a jovem é tentada a tornar-se uma espiã para derrubar o bondoso gerente em troca de dinheiro, instalando uma escuta que lhe dá porta de entrada para a verdadeira natureza de seu chefe.

A partir de então, temos uma jornada de redenção e transformação de ambos os personagens, que são levados aos limites de suas réguas morais. Em 16 densos episódios de 1 hora e 20 minutos, My Ahjussi é, sumariamente, uma série que fala de humanidade, perdão e cura. Não é uma história de amor, mas sobre o amor. Sem dúvidas foi um dos melhores dramas que já assisti na vida e recomendo a qualquer pessoa que aprecie um drama psicológico, com um toque de suspense e personagens cinzentos prestes a entrar em colapso.

Uma cena que vale mais do que muitos diálogos de série

Em paralelo a isso, temos outras vertentes, como a trajetória dos outros irmãos Park, que ajudam a montar um quadro de realidade crua sobre a sociedade e uma crítica à dedicação excessiva ao trabalho e crueldade capitalista. Eles e a maioria dos personagens de mais de 40 anos dedicaram mais de uma década de trabalho para empresas que os descartaram e os obrigaram a terminar a vida na pobreza em funções subjugadas socialmente.

Essas vozes ajudam a pintar o cenário melancólico, regido quase sempre por cores frias e terrosas. A decadência do ser humano e as pequenas doses de esperança são os motores dessa brilhante série, que venceu, em 2019, o BaekSang Arts Awards nas categorias Melhor Drama e Melhor Roteiro (pelas mãos de Park Hae Young, de “Another Miss Oh”).

O que ver a seguir? Mother (2018): adaptação coreana de um dorama japonês sobre uma professora que sequestra uma aluna que sofre maus tratos e torna-se sua mãe temporária, enquanto se esconde da polícia.

Fãs da IU e sobrenatural pode optar pelo ótimo Hotel Del Luna (2019), um tipo de “Bela e a Fera” às avessas e com espíritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: