Resenhas de Kdrama

[Resenha] Extraordinary You: uma paródia extraordinária de doramas românticos

Extraordinária Você é um dorama do Kocowa (e Viki) de fantasia, comédia romântica e uma grande pitada de paródia sobre uma personagem secundária de uma história em quadrinhos romântica que descobre que todo seu destino já foi escrito e não é nada como ela esperava: além de não ser a principal, ela está prestes a morrer de uma doença cardíaca.

Com 32 episódios divididos em meia hora (ou 16 episódios de 1 hora), Extraordinary You tem o melhor de dois mundos: um romance escolar todo clichezinho antigo, mas uma crítica cômica em cima disso. Ou seja: é como se uma das colegas de sala das protagonistas das versões de Meninos Antes de Flores (Boys Over Flowers) ou da escola de Herdeiros (Heirs, Inheritors) de repente se desse conta de que é uma personagem e começasse a julgar os protagonistas e seus próprio papel, reclamando das falas, das cenas forçadas, dos mocinhos que maltratam as mocinhas… É uma delícia descompromissada e cheia de referências gostosas dos maiores clichês desse gênero.

Elenco

Muitos novatos colocados de uma maneira bem inteligente, é um dos pontos de maior sucesso. Com um elenco jovem de verdade e nomes estreiantes na atuação ou no conhecimento do grande público, Extraordinary You acerta em cheio em seu elenco carismático.

Eun Dan Oh (Kim Hye Yoon, de Sky Castle) é a protagonista da história, uma personagem secundária criada para ser a “noiva prometida” de um bad boy antagonista da história. Li algumas críticas sobre a protagonista ser “irritante” por falar alto e ser escandalosa, mas acho que é um contraponto com o papel que deram para ela, de patricinha elegante e mimada. Na verdadeira essência, ela é bem mais enérgica.

Haru (Ro Woon, do SF9, fez School 2017, About Time e Onde as Estrelas Pousam) é um personagem extra, que nem tem nome, a princípio. É capaz de fazer mudanças no roteiro e pode ser o primeiro amigo de verdade que não segue um script de Dan Oh. Esse menino é lindo e fiquei apaixonada de verdade por ele. Espero vê-lo em mais produções.

Baekyung (Lee Jae Wook, de Do Do Sol Sol La La Sol e Irei Quando o Tempo Estiver Bom) é o clássico “bad boy”, o riquinho mal criado com todas as moças a seus pés, que tem uma noiva arranjada pelo bem dos negócios de seus pais, mas ele a despreza, até que começa a ter consciência de seus sentimentos verdadeiros. Muita gente chegou a shippar este personagem com a protagonista, mas eu não consegui entrar nesse grpo não, especialmente pelo jeito que ele a trata – que é aquele comportamento grosseiro bem escrachado dos doramas mais velhos.

Yeo Joo Da (Lee Naeun, do April) é simplesmente… a protagonista. O mundo literalmente brilha quando ela passa. Seu papel é ser a protagonista tonta, ingênua e indefesa, até que… ela começa a perceber e se apoderar do fato de ser a protagonista. É um dos melhores twists da história e eu gostaria de ter visto mais episódios focados nisso, tirando um pouco dos fillers do casal principal de verdade. É uma transformação muito interessante e uma adição esperta no currículo do nome principal do grupo de k-pop April.

Lee Do Hwa (Jung Gun Joo) é o “melhor amigo da protagonista que a ama secretamente”. O Second Lead. Muito fofinho e a verdadeira personificação da Síndrome do Second Lead – basicamente, quando você sofre pelo personagem secundário mais do que torce pelo personagem principal. Um dos primeiros trabalhos desse ator e ele fez muito bem.

Oh Nam Joo (Kim Young Dae, de Irei Quando o Tempo Estiver Bom e um dos gêmeos de Penthouse), namjoo significa “protagonista”. Vários nomes são trocadilhos com suas funções, aliás.

Além disso, Lee Tae Ri, que esteve em Tale of The Nine Tailed como o vilão Imugi, também reaparece aqui como a “Fada da Lula Seca”, um personagem ambíguo, que parece conhecer tudo que acontece por trás dos bastidores.

O legal é que nenhum ator precisava ter muita experiência, já que parte da trama é justamente ter uma atuação engessada, o que abriu portas para novos rostos aparecerem por aqui. Mesmo assim, o elenco é cativante, diferentemente de muitas webdramas bem fraquinhas que costuma estrelar idols para testar suas habilidades.

Cada episódio cativa mais, e você torce para ver mais personagens se tornando conscientes para saber qual sua opinião dentro da história que foi escolhida para eles.

Baseada em parte da webtoon da Moo Ryoo, foi adaptado por In Ji Hye, Song Ha Young. A direção é de Kim Sang Hyub (True Beauty, O Rei Apaixonado) e Kim Sang Woo (My Mister, O Rei Apaixonado, Hospital Ship, Live One).

Não recomendo se:

Espera uma trama densa, adulta, cheia de reviravoltas tensas. Extraordinary You é o oposto disso, apesar de também ser inteligente e instigante em seu próprio gênero. É um dorama para dar risada, não para levar a sério, embora você possa começar a mudar sua visão sobre todos os outros doramas que você vê, pensando como seria se eles tivessem consciência do que fazem.

També pode te incomodar se você for muito atento a problemas de roteiro e precisa de uma explicação lógica para a fantasia. Extraordinary You nunca explica por que os fenômenos acontecem, você simplesmente precisa aceitar.

É bom?

É verdade que de 32 episódios, tem uns 5 de fillers e que a história seria melhor se reduzissem para 12 (ou 24), mas o começo é tão envolvente, que é difícil voltar atrás. Por isso perdeu alguns pontinhos, especialmente no conjunto dos quatro últimos que fica girando em círculos quando poderia falar de outros personagens, mas continua encantador mesmo assim.

Fofo, engraçado, leve e muito despretensioso, Extraordinary You é necessário e realmente fora do comum. Pode não ir muito além das expectativas ou ser uma história complexa e, no fim, acaba tornando-se mais um romance fofo do que uma história rebelde contra histórias de romance, mas mesmo assim é especial a seu modo, sendo um dos mais meigos e ao mesmo tempo diferente. Um dos melhores de 2019. Se está procurando algo bastante espirituoso e gracioso, este dorama é para você.

Nota:

Avaliação: 4 de 5.

O que ver a seguir?

W também tem essa ideia de personagens de história. Dê uma olhadinha sem muitos spoilers.

A fofura de Extraordinary You me lembrou muito Strong Woman Do Bong Soo, com um casal de derreter corações – Strong Woman é muito mais fofo, na minha opinião, mas se ainda não viu, vai gostar.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: