Apaixonados por Kim Soo Hyun: outros dramas para ver do ator de “It’s Okay to not be Okay”

Kim Soo Hyun, o oppazão de “Tudo Bem Não Ser Normal” (Psycho, but it’s Ok), vai deixar muita saudade por sua atuação impactante e honesta, seu sorriso de covinhas, choro convincente, olhar penetrante e meigo, e abs trabalhados. É meu ator favorito, de longe!

Antes de chorar de saudades, seguem alguns doramas para ver com ele no elenco:

A Lua Que Abraça o Sol (2012)

Drama de época que fez gigantesco sucesso, A Lua que Abraça o Sol é um melodrama que conta a história de um jovem rei e uma futura rainha que foram separados pelos planos maléficos de um ministro ambicioso quando crianças. Anos depois, o rei (Kim Soo Hyun) tenta desvendar o mistério da morte de seu amor, mas acaba surpreendido ao encontrar uma aprendiz de xamã cuja aparência lhe traz uma sensação nostálgica. Kim Soo Hyun faz um rei completo e intenso. Ótima atuação, conseguindo carregar até os problemas de carisma da protagonista feminina. A história também é muito envolvente e ainda apresenta atores mirins que hoje conhecemos bem (Kim Yoo Jung, Kim So Hyun e Yeo Jin Go). Confira a resenha aqui.

Meu Amor das Estrelas (2013-14)

Um extraterrestre com super força, capaz de congelar o tempo? Temos sim senhor. Se Kim Soo Hyun já lhe agradou sendo um “mero” mortal, imagina como um ser com superpoderes? Seu personagem é mais introspectivo, sério e frio, mas seu olhar apaixonante para a rebelde atriz interpretada por Gianna Jun pode te derreter. Um kdrama clássico, com alguns problemas de ritmo, mas um dos melhores trabalhos dele. Confira a resenha aqui.

Dream High (2011)

Kim Soo Hyun interpreta o protagonista, um garoto esquisito e “caipira” que, por seu talento, acaba inserido em uma escola especial para treinar futuros idols. Ainda que a trama não seja um primor – e ser muito datada já -, é muito divertido, sim, valendo principalmente vendo pelas várias participações de atores famosos (Bae Yong Joon de Winter Sonata), idols-atores (como a IU, Taecyeon e a Suzy) e pessoas da indústria (como o JYP, gerente do Twice e do ITZY).

Os Produtores (2015)

Embora o ritmo da história seja um pouco arrastado, Kim Soo Hyun faz um estagiário de produção de uma grande emissora de televisão. Apesar de sofrer nas mãos de chefes e parando na equipe de um programa à beira do fracasso, ele acaba se tornando um dos únicos capazes de se comunicar de maneira franca com a idol mais metida e popular de sua era: Cindy (interpretada pela IU). Além disso, uma noona com um exterior forte (Gong Hyo Jin – de Para Sempre Camélia) também acaba acolhendo-o e mexendo com seu coração. Acho que o dorama tem muitos problemas de ritmo, de carisma e ships errados, mas gostei muito das cenas entre ele e a IU.

Tudo bem Não ser Normal (2020)

Se você caiu de paraquedas neste texto e ainda não o viu em “Pyscho, but that’s Okay”/”It’s Okay to not be Okay”, ele interpreta um cuidador que trabalha em um hospital psiquiátrico. Um personagem muito reprimido, que engole muito sapo e tenta manter a harmonia, por ser o único responsável por ser irmão mais velho com autismo. Ele reencontra uma jovem de seu passado com traços de transtorno de personalidade antissocial e os dois acabam aprendendo muito um com o outro. A química entre eles é tremenda e a história é ótima também. Confira!

Real (2017)

Este filme tem notas baixíssimas, mas queria deixar marcada a existência dele, já que além de ser o último trabalho do ator na casa dos 20 anos, mostra um lado mais adulto e sexy de Kim Soo Hyun – tem cenas adultas com a Sulli, um de seus últimos trabalhos antes da tragédia. Aqui ele interpreta um chefão de uma gangue que comanda um cassino e precisa enfrentar alguém que se apresenta com o mesmo nome que o dele.

Participações marcantes

Em Hotel del Luna (drama excelente, aliás), ele aparece em um único episódio, mas sua participação fez muita gente viajar com uma segunda temporada tendo ele como protagonista – merecia muito! Já em Pousando no Amor, ele faz um papel rápido de um norte-coreano escondido, que na verdade é uma homenagem a um papel famoso dele no filme Secretly Greatly.

2 comentários em “Apaixonados por Kim Soo Hyun: outros dramas para ver do ator de “It’s Okay to not be Okay”

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: