[Resenha] While You Were Sleeping é romance com premonições e casos de tribunal

While You Were Sleeping, ou “Enquanto Você Dormia”, é um dorama muito indicado para iniciantes das novelas coreanas. A sinopse é: uma jovem capaz de sonhar com o futuro se envolve na resolução de uma série de crimes ao lado de um promotor novato e um policial enquanto tenta evitar a própria morte.

Antes da resenha, um pequeno desabafo desta que vos escreve: tem sido muito difícil manter o blog atualizado com a frequência semanal. Então peço desculpas, mas espero, de coração, que os poucos textos ajudem um pouquinho quem lê. Obrigada pelo apoio, mesmo sendo um blog tão pequeno. ♥

O elenco de WYWS é composto por Bae Suzy, que, apesar de muitas críticas a suas habilidades como atriz, fez um trabalho bem decente e uma personagem agradável, mostrando uma evolução de seus papéis anteriores. Junto dela temos Lee Jong Suk (Pinóquio, W, Romance is a Bonus Book e Hymn of Death) – em um de seus últimos trabalhos antes de voltar do exército, o que deve acontecer em 2021 – e Jung Hae In (A Piece of Your Mind, One Spring Night e Something in the Rain), que de tão apaixonante ganhou seu merecido papel de destaque em dramas conseguintes em romances de noona.

O roteiro fica nas mãos de Park Hye Ryun, a mesma do ótimo thriller Pinóquio (2014-2015), o curta Page Turner (2016) e o clássico Dream High (2011). A autora é ótima em fazer casos episódicos de suspense e amarra a trama de uma maneira envolvente, com finais de episódios que te deixam com vontade de maratonar tudo. Entendo While You Were Sleeping como um irmão mais velho de Pinóquio, com tons muito bem recebidos de dorama sobrenatural, suspense e romance.

Tecnicamente, While You Were Sleeping é lindo, com gravações de cinema, em cores de azul e branco da neve. Há semelhanças com os visuais do belíssimo Hotel del Luna, em suas devidas proporções de universo. O diretor Oh Choong Hwan participou de ambas as produções. A seu lado na equipe está Park Soo Jin, que dirgiu Louvor à Morte. Ambos trabalharam juntos em Doctors.

Também tem uma trilha sonora instrumental muito empolgante, que apimenta os momentos certos, além de Suzy, abraçando suas origiens como idol, ter cantado uma musiquinha morna e fofinha que fica na cabeça para embalar os momentos de romance.

Para saber se vai gostar, basta assistir ao primeiro episódio. Se não te instigar para devorar os outros, provavelmente não será a história para você. Para quem já assistiu e se apaixonou, recomendo fortemente Pinocchio, com o mesmo ator no protagonista, e um início bem mais confuso e lento, mas que desenvolve de uma investigação de quebra-cabeça de uma maneira parecida.

Apesar de ser um dorama que conta um caso por vez, há uma história amarrada por trás e você sente que os personagens estão evoluindo e que cada situação que eles tiveram que enfrentar os modifica, o que torna bem mais envolvente que Toque Seu Coração, que está mais preocupado com a comédia romântica.

É nesses casinhos também que vemos participações bem especiais, como Kim So Hyun (de Love Alarm), que é a amiga de escola do irmão do protagonista e acaba envolvida em um crime. Também temos Ko Sung Hee, a personagem principal de Holo, Meu Amor, como promotora do escritório, e Lee Sang Yeob (que esteve em Louvor à Morte e Doctors) como um vilão bem odioso em seu papel de advogado que defende os criminosos em troca de acordos sórdidos.

Quem gosta de uma loucura de viagem no tempo e do conceito de efeito borboleta, no qual ao alterar um único detalhe, o futuro pode ser alterado, é um prato cheio! Porém, se você acha confuso guardar informações, pode achar a linha temporal um tanto estranha ou cansativa, pois muito do que estamos assistindo não passa de um punhado de sonhos. Além disso, tem bastante romance jovem, então não espere um dorama sisudo como as histórias típicas envolvendo advogados. É a pitadinha de tudo um pouco que deixa a história saborosa e com ares de aventura. Fazendo um paralelo com o mundo de animes e jogos, pense em Phoenix Wright na sensação de aventura com espiritualidade, sem ser tão caricata, mas trazendo uma leveza e romance para a tela.

É isso que faz com que iniciantes nas novelas coreanas fiquem encantados: Enquanto Você Dormia é um tipo de história que você não vê nas novelas ocidentais, com personagens carismáticos e relacionáveis (os protagonistas são subestimados, são novos em suas funções ou possuem algum segredo) e elementos sérios, em um clima ainda assim leve em alguns momentos, e que te faz chorar litros de repente algo que só kdramas são capazes de trazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: