Resenhas de Cdrama

[Resenha] Reset: dorama sobre viagem no tempo dá um show de ritmo e te prende até o final

Preparados para um super dorama de suspense e loop temporal que vai te fazer maratonar de uma vez? Sucesso no Tiktok e o melhor dorama de 2022 que eu vi, Reset é um dorama chinês sobre dois jovens presos no mesmo dia no qual o ônibus em que estavam explodiu. Para quebrar o ciclo e tentar salvar as vítimas, eles começam a investigar a explosão e tentam descobrir o culpado (gênero whodunit). Porém, como únicos sobreviventes, eles são os principais suspeitos. Vi pelo Viki.

Bravo! Bravo! Que dorama bom. Idealizado pelo Hou Hong Liang, o roteiro é do Lao Suan, de Madhouse e Cloud Prison, baseado na novel “Kai Duan”, de Qidaojun. São 15 episódios muito bem pensados e dinâmicos. Dá para perceber que o autor sabia exatamente como a história terminaria e não precisou ficar enfiando reviravoltas mágicas ou absurdas, que tirou sabe-se lá de onde. Em Reset, ele apenas vai construindo uma linha de raciocínio bem simples de acompanhar e vai desvendando junto com a audiência as peças do quebra-cabeça através do olhar dos protagonistas. Dá muito gosto de assistir, além de ser angustiante e tenso em muitos momentos, por conta de parecer que aquilo perfeitamente poderia acontecer no dia a dia. Os policiais não acreditam nas histórias de fantasia e, pior, acabam suspeitando dos protagonistas, deixando-nos sem saída por muitas vezes.

Elenco de Reset

@storge

Bai Jingting (You Are My Hero, Irreplaceable Love, Octogenários e os anos 90) é Xiao Heyun, um desenvolvedor de jogos que está indo para uma reunião de negócios quando acaba pego no loop temporal. É um personagem muito racional e prático, que é regido bastante pela mente, não pelo coração. É o típico nerd, com uma inteligência e memória invejáveis, e que acaba pensando um pouco mais no próximo graças a protagonista.

Zhao Ji Mai é Li Shi Qing (A Garota Abençoada, FOURTRY e A Little Thing Called First Love), uma jovem obstinada que faz de tudo para salvar os outros e é bastante inconsequente quando o assunto é pensar no bem do próximo. Ela não descansa até descobrir as motivações de cada pessoa do ônibus e toma suas decisões sempre com muita emoção, mas aprende com Xiao Heyun a ter estratégia. É uma mocinha fácil de ser gostada, bem perfil de heroína, mas não deixa de ser uma jovem na faculdade.

Os dois formam um casal bem leve, sem focar muito. Então, se você não é fã de romance, pode assistir, porque é bem de leve, sem entrar na frente da história. Acontece naturalmente e tem mais química que muito romancezinho forçado por aí.

Palmas para a incrível atuação por parte da atriz Liu Dan, que demonstra com perfeição momentos de dor e desespero. Também me encantei e queria muito mais cenas do Zeng Ke Lang, como Lu Di, um personagem muito bem representante dos otakus do mundo, pois fazia cosplay e tinha figures de One Piece, Haikyuu, Sakura… Aguardando por uma produção na qual ele seja protagonista. Os policiais também são tão bons que dão nos nervos. Peguei carinho pelo ator Liu Yi Jun (The Disguiser, Nirvana in Fire e Cirurgiões), como Zhang Cheng.

Por que eu deveria ver?

O cdrama Reset é adrenalina pura. Se você gosta de suspense, sem precisar de grandes heróis fazendo coisas incríveis como pular de prédios e atirar por aí, mas ainda assim com uma forte carga de tensão, pode vir. Não parece ter nada fora do lugar, então tudo que você assistir pode ser levado em conta e vai te ajudar a descobrir o mistério. Ver com amigos é uma ótima pedida. Minha experiência foi muito rica por aqui por compartilhar minhas impressões.

Se você adora uma viagem no tempo e tem medo de falhas, pode ir tranquilo, porque o roteiro não se embanana muito, nem tenta ser grandioso e épico, prometendo o fim do mundo ou algo assim, por isso é algo bastante do cotidiano e crível. Isso é bom de ver e parece real: é a vida daquelas pessoas dentro do ônibus em jogo e você acaba se afeiçoando por cada uma.

O ritmo é excelente. Sabe te puxar de um episódio para o outro sem nunca se arrastar. Até os loops, quando começam a cansar, você percebe um tempo mais longo para a investigação ou flashbacks em si. É ótimo!

E a trilha sonora? É envolvente e ajuda a construir os momentos de tensão e emoção. O responsável foi o coreano Kim Hyun Do, o mesmo compositor das trilhas de Penthouse, Devil Judge e Crônicas de Arthdal.

Por que eu não vou gostar de Reset?

Só se você quiser uma comédia romântica ou uma comédia, basicamente. Ou se você prefere séries com mais heroísmo espetacular, como um 007 da vida, sabe? Aqui são jovens adultos tentando desvendar algo sem recurso nenhum e fazendo algumas “burrices” de vez em quando, sim, mas com certeza eles devem tentar uma “tática” sua, o que te prende mais ainda nesse mundinho.

O que ver a seguir?

Someday or One Day (Algum Dia ou Um Dia) é um dorama escolar muito bem construído de viagem no tempo, com efeito borboleta e as consequências de mexer no passado. É recomendadíssimo assistir depois desse, tem supense também, mas tem mais drama e mais romance, enquanto aqui é mais focado em suspense e ação.

Kairos é outra série de ação com viagem no tempo muito elogiada, mas esta é muito mais focada na ação propriamente dita.

Nota:

Doramão, imperdível. Se você procurava alguma série para começar a ver doramas chineses, só dá um play!

Avaliação: 5 de 5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: