Resenhas de TWDrama

Resenha: Algum Dia ou Um Dia é imprevisível romance com troca de corpo e viagem no tempo

Someday Or One Day (2019) é um drama taiwanês sobre uma menina que recebe uma fita cassete de um estranho e, após um acidente, acorda no corpo de uma garota idêntica a ela, mas 10 anos mais jovem e com outra identidade. O mais estranho é que essa nova identidade é melhor amiga de um rapaz que também é idêntico a seu grande amor que foi dado como morto há dois anos. Uma incrível jornada no tempo faz a mente das duas começar a se fundir em torno de memórias perigosas envolvendo um assassinato e um grande amor. (Onde ver: Viki)

@littlecloverstar

Sim, essa sinopse é totalmente confusa, mas aos poucos e em uma passagem sem volta, vai te conquistando a cada episódio. Essa série fez sucesso global – não só em Taiwan, mas no Japão e na Malásia – e seus direitos foram comprados para um remake chinês de época (Want to See You) e outro coreano, ainda a ser divulgado.

Como sou apaixonada por troca de corpo e viagem no tempo, fiquei intrigada com essa história, de 13 episódios, e já adianto: não me arrependi nem um pouco. De início, aviso que levam cerca de dois episódios para que você comece a entender o que está acontecendo e é só no final no terceiro que a história dá real dimensão da grande viagem entrelaçada que a trama proporcionará. Portanto, tenha paciência se não gostar logo de cara, pois só melhora daqui para frente, pode confiar.

Elenco

xiaofengs
@aellyne

Alice Ke interpreta Huang Yu Xuan, uma mulher de personalidade forte, mas coração magoado após seu namorado morrer em um acidente de avião há dois anos. Desde então, sua vida perdeu a cor e ela não acredita que ele realmente está morto. Por causa de um aplicativo que promete encontrar pessoas que se parecem fisicamente, ela acabava descobrindo uma foto de um rapaz idêntico a seu amor posando ao lado de uma menina muito parecida com ela. Desejando reencontrá-lo, ela faz uma viagem e um acidente a coloca no corpo de sua sósia, Chen Yun Ru, uma colegial tímida e desajeitada que acaba de sofrer uma tentativa de assassinato. A atriz é ótima. No começo, achava que não cabia muito bem a atriz fingindo ter tantos anos a menos, porém, quando comecei a reparar nas nuances entre Chen Yun Ru e Huang Yu Xuan, percebi o quanto a atriz dá conta de fazer a magia acontecer em emoções tão diferentes – eu quase coloquei a Chen Yun Ru no elenco como outra pessoa!

@linglynz

Greg Han Hsu interpreta Wang Quan Sheng, um rapaz apaixonado que tentou pedir sua namorada em casamento antes de desaparecer e agora a assombra em pensamentos. Seu sósia, Li Zi Wei, é um garoto muito popular que vive um dilema amoroso ao descobrir que a garota pela qual seu melhor amigo (intepretado por Patrick Shih) é apaixonado na verdade gosta dele. Quando a menina sofre um atentado, ele não consegue mais reconhecê-la, mas é aí que seus sentimentos começam a mudar. O ator é tão charmoso! Por causa dessa série, ele foi considerado o Namorado da Nação em Taiwan. Concordo totalmente, saí apaixonada.

@linglynz

Patrick Shih é Mo Jun Jie, um rapaz introvertido e inteligente que tem deficiência auditiva e uma paixão pelo silêncio. De início, eu olhava com desconfiança para esse personagem, mas acabou por me conquistar por mostrar que ele gostava de Yun Ru do jeitinho que ela era antes: introvertida, “estranha”, silenciosa e até respeitava seus traços depressivos.

Desenvolvimento

A princípio, os episódios parecem longos demais, especialmente quando você não sabe direito o que vai acontecer. Por muito pouco parece que vai ser só mais uma história melodramática em melosa, mas uau, como isso muda! Eles servem para ambientar muito bem as vidas das personagens principais, que são bastante ricas, e causar uma curiosidade que nunca acabada sobre o que vai acontecer.

Os personagens acabam envolvendo e existe uma preocupação em não simplesmente descartar a “antiga Yun Ru” ou trazer uma mensagem horrenda de que é preciso mudar a si mesma para magicamente todos gostarem de você. Aqui, embora haja mudanças positivas, a antiga Yun Ru não vai simplesmente desaparecer da mente dos personagens e tudo tem uma consequência. Muitas séries simplesmente a descartariam em nome do casal principal ou com uma mensagem vaga. É um trabalho que não foi feito em Switched e que teria tido um impacto mais positivo, embora essa série seja legal também.

O vai e vem temporal faz você se perguntar o tempo todo dos efeitos do passado no futuro e por mais que tenham palpites bem claros sobre algumas identidades, “como” tudo isso aconteceu ainda é um mistério que vai sendo construído.

Um ponto muito positivo da série é a crescente das reviravoltas e da complexidade da trama sem cair no ridículo, mesmo aquilo que parece ser sem razão a princípio. Lá perto da metade dos episódios, o espectador tem o triplo de informações novas, mas o mesmo tanto de novos questionamentos aprofundando nos problemas apresentados. Sendo assim, por mais maluco que pareça, as coisas começam a fazer sentido e parecem ter sido mesmo planejadas desde o início. Até aquilo que é possível adivinhar vem com um gostinho de reviravolta e um detalhe não pensado antes. É delicioso.

@littlecoverstar

A trilha sonora é muito agradável e a abertura é difícil de ser pulada, porque apesar de longa traz muitas pistas que vão ficando claras a cada episódio, além de ser esteticamente interessante e com uma música que fica na cabeça bem relacionada com a trama. Cada vez que passa a abertura causa uma emoção diferente.

Conclusão

Aparentemente confuso, doce, diferente e apaixonante, Algum Dia ou Um Dia é um romance com uma boa dose de drama e fantasia, que faz voltas muito interessantes para entrelaçar as personagens e sua trama. Recomendo para quem ama viagem no tempo, amores impossíveis, conceito de alma gêmea, histórias com triângulo amoroso e um bocado de mistério para ser revelado. É um tema difícil de não sair completamente bagunçado ou cômico, mas Algum Dia ou Um Dia faz isso de um jeito bastante envolvente.

É uma das poucas séries que eu teria visto mais uns três episódios com muito gosto e ainda fiquei curiosa sobre como seria o relacionamento de dois garotos da trama em uma linha temporal distinta.

É fácil se atrapalhar na lógica em uma trama assim, mas acho que o que esse TWDrama faz de melhor é, após engatar episódios, terminar de enlaçar os acontececimento e prender o interesse até o fim sem prometer o que não vai entregar.

Nota: obra prima dos doramas!

Avaliação: 5 de 5.

O que ver a seguir?

Séries com reviravoltas aos montes temos Penthouse, mas com muita fantasia, drama e absurdos. Outra que segue a linha de investigação de crimes e reviravoltas é Flor do Mal.

Para várias pessoas morando no mesmo corpo, Mate-me Cure-me é ainda uma ótima pedida!

Para troca de corpo, tem a Switched e a coreana muito clássica Jardim Secreto.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: