Guia do iniciante nas séries coreanas: onde ver doramas

Viki, Netflix, Kocowa? Onde tem dramas coreanos grátis? Qual é o melhor lugar para assistir dramas coreanos com legenda em português? Este post NÃO é patrocinado, o que significa que vou dar minha opinião para que você possa formar a sua de acordo com a sua realidade.

Tenho percebido um fluxo razoável de pessoas por aqui que acabou de descobrir esse mundo maravilhoso dos dramas e que ainda está engatinhando sobre os “truques” que os dorameiros usam para ficar em dia com os queridos oppas. Pois bem! Vim trazer o caminho das pedras, bem basiquinho, para ajudá-lo a entender onde ver.

Tudo vai depender de quanto você quer ou pode gastar, além de que tipo de programa você quer assistir.

Netflix

O primeiro e mais óbvio local para acompanhar as séries coreanas é o Netflix. Muitas produções têm sido feitas em parceria com a Netflix, que ajuda financeiramente na produção de conteúdo (gerando séries originais como “Love Alarm” e “Primeira vez Amor“), o que explica por que elas possuem uma produção visual e sonora muito boa ($$) mesmo se a história não for lá essas coisas. Também explica a lógica da divisão de “temporadas” de 8 episódios inexistente na Coreia. Aqui há vários títulos também de Taiwan, Tailândia, China e Japão. Alguns deles chegam até dublados (uma exigência da Netflix) e todos possuem legendas em português. A variedade de títulos, no entanto, é inconstante, passando por momentos de escassez, pois depende de acordos com o canal original, incluindo direitos de exibição e ciclicamente os dramas saem de cartaz. Por motivo de direito autoral, nós temos vários tipos de conteúdo que acaba censurado (borrões na tela) e shows de variedade têm músicas simplesmente cortadas (“Men on A Mission” perdeu toda a graça).

A plataforma é bastante estável, tem suporte amplo e eficiente, possui aplicativo nativo na maioria das smart TVs, celulares e dispositivos. Uma ótima vantagem é a criação de perfis, que permite que você tenha uma conta com vários usuários diferentes, o que não bagunça a lista de vistos e conteúdo recomendado, por exemplo.

Valor: de R$ 20 a R$ 45 por mês.

Opinião: Netflix só para ver dorama é uma furada. Prefira o Viki. No entanto, muitos dramas novos e muito bons acabam sendo exclusivos da plataforma (“Tudo bem Não ser Normal” é o grande exemplo)

VIKI

Viki (acesse aqui) é o “Netflix dos doramas”. O passo dois de quem se apaixonou pelos dramas com opção de assinaturas bem mais baratas do que a Netflix e dá para ver dorama de graça com propagandas e limitação de conteúdo. Há conteúdo do Japão (bem limitado e sem os maiores clássicos), Coreia do Sul (Vááários clássicos), China (muitas e muitas opções) e Taiwan.

Com o plano mais básico, você elimina as propagandas, mas não pode assistir algumas séries de lançamentos, precisando esperar algumas semanas. Alguns episódios e série inteiras exclusivas do Viki (Absolute Boyfriend e Miau, o Garoto Secreto por exemplo) ficam bloqueadas e você precisa esperar a série completar. Com o plano intermediário, você pode acessar as séries exclusivas sem propaganda, filmes, doramas que estão no ar e também quase todo o conteúdo, exceto reality shows e algumas do Kocowa (um site americano que tem acordo com três emissoras coreanas: a KBS, Munhwa e SBS). Com o mais avançado (que só funciona nas Américas, então se você for do Japão, por exemplo, não pode acessar), você acessa absolutamente tudo, inclusive as séries da KBS, Munhwa e SBS. Pessoalmente, acho que o plano mediano em geral cobre mais do que o suficiente, mas alguns lançamentos podem te deixar se coçando (“Hotel del Luna” e “It’s Okay That’s Love”, por exemplo, são excelentes, mas foram exclusivas do plano mais caro).

Tudo aqui é legendado em vários idiomas, porém, diferentemente do Netflix, as legendas aqui são feitas por fãs voluntariamente, ou seja, sem ganhar nenhum centavo além de benefícios dentro da plataforma. Isso acarreta em: legendas com erros gramaticais e ortográficos, além de que não têm obrigação nenhuma em sair na data de lançamento. Já vi algumas que os últimos episódios não possuíam legenda e a pessoa precisou recorrer ao espanhol. Em geral, também, as legendas são muito satisfatórias, mas têm esse problema de explorar um trabalho de fã.

Alguns conteúdos simplesmente não podem ser acessados no Brasil, mesmo que estejam disponíveis nos EUA. Você os encontra pela busca, mas não pode ver. Um ponto muito positivo é que, pelas respostas do suporte técnico, não há limite de contas que podem assistir ao conteúdo ao mesmo tempo, então dá para dividir conta com seu amigo (desde que ele não bagunce sua lista)

A plataforma está sempre desenvolvendo, não é abandonada e tem um suporte bem bacana, funcionando legal no PC, celular, e no Chrome Cast. Não possui dispositivos em smart TVs.

Valor: opções mensais e anuais cobrados em dólar a partir da data da compra. Isso sai em torno de: R$ 4,50 ao mês (Básico), R$ 22,30 ao mês (Standard) e R$ 44,50 / mês (Plus)

Opinião: se você está bem viciadinho nas novelas coreanas, vale muito a pena. O valor é acessível, tem opção gratuita apesar das limitações, mas é melhor do que não ter! Os títulos aqui são vastos e saem de cartaz com bem menos frequência do que a Netflix. Os exclusivos da VIKI são bem bobinhos, então você pode tentar combinar a assinatura da VIKI com o Kocowa, por exemplo.

Kocowa

Afinal, o que é o Kocowa? (Acesse o Kocowa aqui) É um site de streaming (como o Netflix e o VIKI) que servia EUA, Canadá e México, mas veio para o Brasil, trazendo conteúdo dos canais SBS, KBS e MBC – como exemplo: “Are You Human, Too?”, “Angry Mom”,

Somente dramas coreanos estão disponíveis, além de programas de variedade e muitos festivais de K-POP. Há um catálogo gratuito de cerca de 70 séries, mas com propagandas.

Métodos de pagamento especiais são feitos para o país. Há um diferencial de pagamento que é o “preço diário”. Isso mesmo. Você pode ver dramas por um dia, o que significa, basicamente, que você pode se preparar para maratonar tudo aquilo que você queria em apenas dois dias e não pagar o valor cheio do mês.

Os dramas chegam em até 6 horas depois do lançamento e outra grande diferença é que os profissionais do Kocowa são remunerados. Não é um trabalho de fãs, então as legendas são profissionais e saem rapidamente, além de não explorar ninguém.

Uma coisa interessante é que até quatro dispositivos podem funcionar simultaneamente. Ou seja: você pode dividir sua conta (e o valor da assinatura) com a família ou amigos, desde que só quatro pessoas estejam assistindo ao mesmo tempo.

Valor: cerca de R$ 20 a assinatura mental, e R$ 3,70 a diária.

Opinião: o valor diário é legal, pode atrair um maratoneiro eventual, mas não acho que vale a pena no geral. Não são todas as séries SBS, KBS e MBC que estão lá, e a tvN, que tem muitos títulos muito bons, fica de fora. A maior parte das melhores séries desse canal acaba no VIKI, mas comparando os dois valores, pode ser uma boa pedida misturar, por exemplo, um plano básico no VIKI e um diário no Kocowa para séries específicas, pensando em custo-benefício e também não explorar mão de obra.

Amazon Prime

Por enquanto essa NÃO é uma opção boa para assistir dramas coreanos no Brasil. Lá tem alguns animes (Fruits Basket nova fase) e doramas japoneses, mas não se engane: tem muito conteúdo dublado em espanhol ou sem legendas em português. Uma lástima. Não vale a pena assinar até este momento (setembro de 2020) focando em doramas. O catálogo é extremamente mal organizado e você ainda encontra séries nada a ver quando procura por “japão” “korean” “coreia” na busca – chegou a sugerir Mr. Robot quando tentei. Lá tem o The Idolmaster KR, Tokyo Alice e algumas séries lado B de mistério… Não vou nem listar o preço, porque realmente não vale a pena, nem se fosse de graça.

Aquela opção que não podemos nomear, não oficial

Vou apenas indicar aqui a maneira que você pode buscar isso: Twitter, Instagram, Facebook e alguns fóruns. O nome que você está procurando é “fansub”. Funciona basicamente da mesma maneira que o VIKI (só que ilegal): uma equipe de fãs que adquire o conteúdo e voluntariamente legenda e disponibiliza na internet de maneira ilegal, vale ressaltar para não fazer apologia, mas convenhamos que é também democrática – ora, se os fãs não ganham nada para legendar, por que a plataforma ganha para exibir?

O grande problema é que você precisa desviar de duzentas propagandas virulentas e limites de hospedagem dos sites, além de possível derrubada de conteúdo e o fato de ser ilegal (reforço o comentário). Além disso, o produtor da série fica sem saber que o Brasil tem interesse naquele conteúdo e isso também acaba atrapalhando a vinda de novas séries ao país, pois os dados piratas de audiência não existem e, portanto, não servem para negociar isso.

No entanto, a prática existe e seria hipócrita não comentá-la. Uma vez que você descobrir uma dessas comunidades, todas as outras vão ficar mais fáceis, além dos macetes e coisas assim, mas é necessário ter conhecimento mínimo de informática para não encher seu computador de vírus.

Em resumo, estamos em uma boa onda de plataformas no Brasil e quanto mais demonstrarmos interesse, mais séries, mais fãs, mais preços e mais opções vão aparecer por aqui. Uma dica geral sobre tudo isso é: você pode tentar dividir o valor da assinatura com a sua família ou amigos que forem assistir com você, apenas confira a política de cada plataforma.

Tem mais alguma dica? Deixe nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: